sábado, 31 de março de 2012

EM BARCELONA, A APAGAR O FOGO ...


.

BARCELONA, MARÇO DE 2012 .


.

EM ESPANHA, O FOGO É OUTRO .


.

A CARRAÇA DO FOGO .


.

LA PUIE ET LE BON TEMPS .


Dir-se-ia que se deu um milagre .
Um eclipse.
A chuva conseguiu tapar o sol .
Just in case .
As rezas da senhora Ministra disto e daquilo, finalmente,
ao fim de quase três meses, surtiram efeito, e começou a
jorrar água .

Eu penso (logo existo), que nem sequer poderia ser obra do
senhor José Sócrates, a longa seca deste Inverno, pois se
o homenzinho estava lá para Paris a estudar filosofia, e
logo filosofia, uma coisa tão esotérica .

Mas os Cavaquistas, Passistas e outros passadistas, logo
aproveitaram a ocasião para achincalharem o coitado.
Felizmente, conseguiram meter na ordem esse maldito mafar-
rico, e agora vai ficar tudo bem .

Abençoadas orações .

Tudo está bem, quando acaba em bem .
.

sexta-feira, 30 de março de 2012

O BEIJA MÃO .


.

ABSTRACÇÃO - 6 .


.

CERROS E MORROS - 5 .


.

CERROS E MORROS - 4 .


.

O BONECO DO 1º MINISTRO .


.

MUSEU DAS MARIONETAS, A SOCIEDADE PORTUGUESA .


Marionetas de S. Luurenço .
.

MUSEU DAS MARIONETAS, CONVENTO DAS BERNARDAS .


.

ABSTRACÇÃO - 5 .


.

CERROS E MORROS - 2 .


.

quinta-feira, 29 de março de 2012

MORROS E CERROS - 1 .


.

ABSTRACÇÃO - 4 .


.

REDOL, O PRÍNCIPE DOS NEO REALISTAS .


.

BICHAROCOS - 3 .


.

BICHAROCOS - 2 .


.

CINQUENTA ANOS DE CRISE ACADÉMICA .


Caxias, o altar dos sacrifícios .
.

OS DIABINHOS .


.

PENA DE SINTRA, GÉNIO OU LOUCURA .


.

quarta-feira, 28 de março de 2012

A POLÍTICA E A BELEZA - 1 - SORAYA .


A Ministra Adjunta do Governo Rajoy,
mulher forte do regime de direita, de Espanha .
.

BICHAROCOS - 1 .


.

TABUCCHI, O AMIGO ITALIANO .


.

ABSTRACÇÃO - 3 .


.

A VERGONHA DOS MUROS - 1 - PALESTINA .


Já por várias vezes que tenho andado para me debruçar sobre
os muros da vergonha espalhados pelo mundo fora .
Não que tenha medo ou vertigens,
mas trata-se de um dos temas mais importantes da actualidade.

Estou a falar mesmo de muros físicos, altas barreiras tecno-
lògicamente implantadas, em regra electrificadas e defendidas
com unhas e dentes .
Para dividir ou separar quem e o quê?
E porquê ?

Por vezes fico confuso e baralhado, na vontade de identificar
quem são os heróis e os vilões .

Berlim, Palestina, Chipre, Irlanda do Norte, Coreias, frontei-
ra entre o México e os USA, Kosovo, Gibraltar, Kalinegrado,
Saara Ocidental, margens do Canal da Mancha,
e outros bem mais escondidos .

Os preconceitos da raça, da diferença, sempre estiveram presen-
tes ao longo de toda a história da (PULHICE) Humana .

Porquê os Judeus ?

Porquê os palestinianos ?
.

A CANTIGA DO ENGATE .


Recordando António Variações .
.

MONTES E VALES - 50 .


.

terça-feira, 27 de março de 2012

A MATERNIDADE DE JESSICA SIMPSON .


.

LA VIE EN ROSE .


.

LÍBANO, 2012 .


.

ROMAGEM - 42 - PARIS, PLACE VENDÔME .


Publicidade .
.

A LANTERNA MÁGICA .


.

O BAILINHO DO CHIADO .


.

MONTES E VALES - 49 .


.

segunda-feira, 26 de março de 2012

EL SOMBRERO .


.

PRATAS DA CASA - XXV .


.

PRATAS DA CASA -XXIV .


.

JÁ SALAZAR DIZIA : "TODOS NÃO SOMOS DEMAIS" .


Passos continua com a sua ladaínha de engate barato .
Todos temos que ajudar, nós é que mandamos, vocês
cumprem o vosso dever patriótico, porque a culpa foi
toda vossa .

É o palavreado do pecado original .

O País borregou, por culpa do Sócrates e Dos Santos .
Cavaco bem quis ajudar, mas não o deixaram .

E agora, Seguro, como é ?
Vamos continuar com esta marmelada ?
O tempo começa a ficar curto para arrear esta idiota
camisa de onze varas .
Precisamos de corrigir a trajectória das balas e ini-
ciar a batalha noutra direcção .

Chega de tiro aos bonecos .



.

A NEGOCIATA DA CHINA .


.

UM PRESENTE DAS CALDAS .


Não gostou ...
.

NOVO MODELO DE WC PROPOSTO PELO MEN .


.

RETRATO DO ARTISTA , 2012 .


O interesse pela arte, levou a população portuguesa
a reduzir em cerca de 20%, a quantidade de resíduos
sólidos urbanos produzidos/recolhidos no país .
À atenção da Troika...
.

O LIBERTINO .


Teatro da Trindade .
.

AFECTOS - 2 .


.

O PINGENTE .


.